Cultivar Poemas ou a vinheta embaçada

Imagem

Eu curto poemas curtos.

Os poemas curtos têm a vantagem de, caso eu não os entenda, não me cansarem; Caso eu os entenda, são mais fáceis de serem decorados e declamados; Caso eu quase os entenda, podem ser lidos várias vezes (em silêncio ou não) sem perder muito tempo, para enfim os entender.

Já que vivemos nesses tempos em que não temos tempo para quase nada – que se dirá de tempo para poesia – tentemos, pois, com poemas curtos.

E, afinal, mesmo que não nos digam nada, poemas curtos têm mais chances de serem lidos. E é preciso que o sejam.

Eu cultuo poemas cultos. Eu cultivo poemas

Maria

Maria, mar ia

Mar vinha

Mar, vinho

Enjôo

Em pleno vôo

Por sobre mar!

Calafrio

Temo o que me causa frio, o que me cala…

Frio, temo o calafrio que me arrepia o osso…

Eu temo o poço e o frio do calabouço…

E calo.

Poesia frágil

Brisa tépida

Carne trêmula

Cara pálida

Forma esquálida

Busca inválida

Verso fácil

Poesia frágil.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Fotopoema, Poemas ou coisa que o valha..., Uncategorized com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

12 respostas a Cultivar Poemas ou a vinheta embaçada

  1. José Luiz dos Santos diz:

    Beleza, Raul!

  2. Marcelo diz:

    Jardim de cataventos, por Marcelo Schmidt parabeniza o poeta ,que já está é parceiro do próximo trabalho .www.jardmdecataventos.blogspot.com.br

  3. Carmem Beatriz Marin diz:

    Raulzito!! Sinto muito orgulho deste meu amigo. Bjs.

  4. marcellodornelles diz:

    Muito bacana… abraço Raul.

  5. Delcio Medeiros Ribeiro diz:

    Raul, meu caro luar, tua poesia está cada vez mais leve, mais intensa e mais bela. Possui a cor da primavera e o cheiro do entardecer; profunda para bem transmitir sentimento e objetiva para bem ser compreendida. Parabéns. Abraços.

  6. Maria, mar ia

    Mar vinha

    Mar, vinho

    Enjôo

    Em pleno vôo

    Por sobre mar!

    —————-

    Maria, ria

    Maria, má

    Maria ia amar

    Omar no mar

    Omar ria

    Maria má

    Parabéns Raul.. abraços. Amei seus poemas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s